Instalação GNU/Linux não reconhece partições (MBR) do Dísco Rígido (Dual Boot)

Deixe um Comentario
É um problema (é mesmo um problema?) um tanto complicado e pode até embair nosso conhecimento.

Ao inserir um liveCD do Ubuntu ou qualquer outra distribuição em um PC que já tenha o Windows para se fazer dual boot, o instalador do sistema GNU/Linux não reconhece as partições do disco rígido em que pretendemos instalar.

MAS, o gerenciador de arquivos monta e abre normalmente as partições "não reconhecidas"

Gparted exibe um disco rígido "não alocado"
Imagem: Gparted exibe um disco rígido "não alocado".

Processo de instalação do Ubuntu - As partições do disco rígido não são reconhecidas
 Imagem: Processo de instalação do Ubuntu - As partições do disco rígido não são reconhecidas.

Eu não tenho conhecimento técnico o suficiente para dizer se é isto mesmo que implica no processo de instalação de um segundo sistema para dual boot, mas vamos lá... No PC em que isto ocorreu o sistema de arranque é um BIOS e não um UEFI e o disco tem 1 Terabyte. Não sei se operações deste tipo podem acabar inutilizando ou explodindo o disco rígido, mas prosseguirei!

Conversão de Partições do Disco no Windows

Pelo que li aqui e ali, pode-se converter as tabelas de partição de GPT para MBR, mas... ao que tudo indica (tecnologicamente), isto não é vantajoso! E o que é preciso é converter de MBR para GPT... ... Não quero me aprofundar mais.

Conversão de Partições do Disco no GNU/Linux

Através do programa gdisk, é possível realizar a conversão necessária para a identificação e possíveis edições das partições. Como root execute o comando (sudo gdisk), especifique o disco que é exibido como não alocado, neste caso, /dev/sda e em seguida:

Pressione r para entrar em  opções de transformação e recuperação (apenas para experts! eita!!! Tecle ENTER após cada comando!)...
Pressione g para converter a tabela de partições de MBR para GPT...
Pressione p para pré-visualizar a tabela de partições MBR convertida...
E finalmente pressione w para escrever as alterações no disco rígido. (Se quiser desistir, pressione q para sair sem fazer alterações!)

O comando gdisk está sendo executado
Imagem: Terminal - O comando gdisk está sendo executado.

Após o processo ter terminado o GParted reconhecerá as partições imediatamente depois de atualizar os dispositivos. Este processo NÃO APAGA byte algum de seu disco rígido! :)

GParted exibe todas as partições existentes depois da conversão de MBR para GPT
 Imagem: GParted exibe todas as partições existentes depois da conversão de MBR para GPT.

Após isso execute o processo de instalação normalmente!

Terminaríamos aqui, mas como a instalação do Windows 7 não suporta (foi o que eu presenciei!) tabela de partições GPT, vamos ter de trabalhar mais um pouco para conseguirmos um dual boot! :(

Mensagem de aviso após clicar no botão avançar: O Windows não pode ser instalado neste disco. O disco selecionado está no estilo da partição GPT.
Imagem: Processo de Instalação do Windows 7 x64!!!

Eu (Phelipefox) desenhado em estilo mangá - Isto é uma total desconformidade com os atuais parâmentros tecnológicos!!!
Imagem: Eu (Phelipefox) dizendo "- Isto é uma total desconformidade com os atuais parâmetros tecnológicos!!!" sobre a imagem acima.

Solução que EU encontrei

Bom... Já que a instalação do Windows não reconheceu a nova tabela de partições (GPT), teremos que iniciar uma distro live novamente e apagarmos tudo para recriar uma tabela de partições que ambos os sistemas consigam trabalhar sem mais problemas.
Faça um belo Backup antes de qualquer coisa!!!

Inicie em seguida o GParted e no menu Dispositivo >> Criar tabela de partição... >> msdos, após escolher a tabela de partições msdos que é (olha só) o MBR, aplique as mudanças e recrie as partições para o Windows e Linux! Instale-os!

Fontes
Mudando MBR para GPT no Mac OS X
Visão geral de particionamento GPT no gdisk


0 comentários:

Postar um comentário